Magistrados divergem se reforma retira direitos de trabalhadores

O ministro Maurício Godinho Delgado, do Tribunal Superior do Trabalho, e o desembargador Marlos Melek, do Tribunal Regional do Trabalho da 9ª Região, divergiram sobre a retirada de direitos pela reforma trabalhista.
Em sessão temática no Plenário do TST nesta quinta-feira (11/5), Delgado apont…

Continue lendo no portal Consultor Juridico

Rolar para o topo