Ex-procurador pode atuar contra poder público em novos processos

Ex-procurador pode atuar contra o ente público que representava desde que seja em causas diferentes daquelas patrocinadas por ele enquanto servidor. A orientação é do Tribunal de Ética e Disciplina da seccional paulista da Ordem dos Advogados do Brasil.
“A situação vivenciada por um ex-procura…

Continue lendo no portal Consultor Juridico

Rolar para o topo