Jornada prevista em norma coletiva isenta pagamento de hora extra

Está pacificado o entendimento no Tribunal Superior do Trabalho de que é válida norma coletiva que aumente a jornada diária para oito horas e que alcance empregados de turnos ininterruptos de revezamento. Com essa jurisprudência em mãos, a 1ª Turma do Tribunal Superior do Trabalho reconheceu a va…

Continue lendo no portal Consultor Juridico

Rolar para o topo