Mulher processa Caixa por erro em bilhete e é condenada por má-fé

Uma mulher que comprou um bilhete de loteria com erro de impressão foi condenada a pagar indenização por litigância de má-fé ao tentar processar a Caixa Econômica Federal. A decisão foi tomada pelo Tribunal Regional Federal da 4ª Região, que condenou uma moradora da cidade de Pelotas (RS) em R$ 1…

Continue lendo no portal Consultor Juridico

Rolar para o topo