Justiça decreta prisão preventiva de manifestantes detidos na greve

A Justiça de São Paulo transformou em preventiva a prisão de três ativistas do Movimento dos Trabalhadores Sem Teto (MTST) detidos em flagrante durante as manifestações da greve geral que ocorreu no último dia 28.  A decisão é da juíza estadual marcela Coelho, que acolheu argumentos dos policiais…

Continue lendo no portal Consultor Juridico

Rolar para o topo