Licitação não deve incluir provisões previstas em convenção coletiva

A Administração Pública não tem que colocar nos editais provisões para encargos que estão previstos em convenções coletivas de uma categoria. O entendimento é da 3ª Turma do Tribunal Regional Federal da 5ª Região, que revogou liminar obtida por uma empresa e manteve as regras de um pregão do INSS…

Continue lendo no portal Consultor Juridico

Rolar para o topo