Sem pagar multa, Ramon Hollerbach vai para regime semiaberto

Condenado a mais de 27 anos de prisão na Ação Penal 470, o processo do mensalão, o publicitário Ramon Hollerbach vai progredir para o regime semiaberto mesmo sem ter quitado a multa de R$ 3,9 milhões fixada pelo Supremo Tribunal Federal. O ministro Luís Roberto Barroso afirmou que, embora a corte…

Continue lendo no portal Consultor Juridico

Rolar para o topo