TJ-SP lota durante julgamento sobre sacrifício religioso de animal

O julgamento de uma lei que proíbe o uso e o sacrifício de animais em rituais ou cultos religiosos em Cotia, no interior paulista, lotou o Salão Nobre do Tribunal de Justiça de São Paulo nesta quarta-feira (26/4).
O espaço, com lugar para cerca de 80 pessoas e que dificilmente supera 20 espect…

Continue lendo no portal Consultor Juridico

Rolar para o topo