Trauma em roubo justifica posse de arma ilegal e afasta punição

Citando o trauma do réu que sofreu assalto, a insegurança pública e a burocracia para se conseguir porte de arma, um juiz de Goiás absolveu um homem preso que confessou portar uma arma de forma ilegal. A decisão foi do juiz Eduardo Perez Oliveira, da comarca de Fazenda Nova (GO), que entendeu que…

Continue lendo no portal Consultor Juridico

Rolar para o topo