Supremo revoga preventiva de mais de um ano de João Carlos Genu

A 2ª Turma do Supremo Tribunal Federal concedeu nesta terça-feira (25/4) Habeas Corpus a João Carlos Genu, ex-tesoureiro do PP. Por maioria, a turma entendeu que as prisões preventivas não podem ser prolongadas por tempo indeterminado. Genu, investigado na operação “lava jato”, estava preso há ma…

Continue lendo no portal Consultor Juridico

Rolar para o topo