Doença de advogado não é motivo de força maior para suspender prazo

Doença de advogado não é motivo de força maior para suspender prazo recursal. Com base nesse entendimento, a 4ª Turma do Tribunal Superior do Trabalho negou provimento a Agravo de Instrumento de uma operadora de telemarketing contra decisão que julgou intempestivo o recurso apresentado por sua ad…

Continue lendo no portal Consultor Juridico

Rolar para o topo