Ponto de servidores do MPU que fizeram greve em 2015 será cortado

Quando não houver nenhuma conduta ilícita do Poder Público que justifique uma greve de servidores, a administração deve cortar o ponto dos grevistas e não pagar pelos dias parados. Esse foi o entendimento do ministro do Supremo Tribunal Federal Luís Roberto Barroso ao negar Mandado de Segurança q…

Continue lendo no portal Consultor Juridico

Rolar para o topo