Cunha não será indenizado por ter sido chamado de “coisa ruim”

Articulista que usa do humor para criticar pessoa que exerce cargo público, sem a intenção de difamar, injuriar ou caluniar tal autoridade, não abusa da liberdade de expressão. Com base nesse entendimento, a 16ª Câmara Cível do Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro negou recurso do ex-deputado fe…

Continue lendo no portal Consultor Juridico

Rolar para o topo