Estágio não pode ser monitorado a distância se trabalho envolve saúde

Quando se lida com a saúde do trabalhador, as atividades de estagiários não podem ser acompanhadas a distância por profissional capacitado, pois é preciso haver um atendimento pessoal e individual para evitar problemas. Com esse entendimento, a 1ª Turma do Tribunal Superior do Trabalho, por unani…

Continue lendo no portal Consultor Juridico

Rolar para o topo