A inadiável e já atrasada reforma dos tribunais de Contas

Os fatos revelados na operação quinto do ouro acenderam novamente o debate sobre o mau funcionamento dos tribunais de Contas do país, sua falta de fiscalização e sua forma de composição preponderantemente política. É preciso realmente falar sobre a inadiável e já atrasada reforma dos tribunais de…

Continue lendo no portal Consultor Juridico

Rolar para o topo