TJ-SP mantém vídeo que questiona contrato de empresa condenada

A 7ª Câmara de Direito Privado do Tribunal de Justiça de São Paulo determinou a liberação de um vídeo no YouTube, cuja retirada havia sido determinada em favor de uma entidade assistencial. 
O vídeo foi feito e publicado por Francisco Demilson de Oliveira, o Chico Oliveira, em seu canal no You…

Continue lendo no portal Consultor Juridico

Rolar para o topo