CNJ mantém demissão de servidores que fraudaram distribuição

A competência do Conselho Nacional de Justiça em julgar processos administrativos disciplinares vai além da magistratura, alcançando também servidores. Com esse entendimento, a ministra Rosa Weber, do Supremo Tribunal Federal, negou seguimento a três mandados de segurança (MS) impetrados por serv…

Continue lendo no portal Consultor Juridico

Rolar para o topo