Com recusa da BDO, recuperação da Oi continua sem administrador

A Justiça do Rio de Janeiro marcou uma audiência “urgente” para definir, na próxima segunda-feira (10/4), o destino da recuperação judicial do grupo Oi. A BDO Consultoria, indicada pela Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) para atuar como administradora financeira, “declinou justificadam…

Continue lendo no portal Consultor Juridico

Rolar para o topo