Acusado de tráfico internacional é interrogado por WhatsApp

Para evitar a demora do uso de carta rogatória para interrogar pessoas fora do país, que pode levar muitos dias, o juiz federal Ali Mazloum, da 7ª Vara Criminal de São Paulo, inovou: interrogou um acusado de tráfico internacional de drogas pelo aplicativo WhatsApp.
Transmissão ao vivo foi us…

Continue lendo no portal Consultor Juridico

Rolar para o topo