Hora extra de poucos minutos não afasta direito da mulher a pausa

Ainda que o trabalho extraordinário seja de poucos minutos, a trabalhadora faz jus ao intervalo de 15 minutos antes de fazer serviço extra. A decisão é da 4ª Turma do Tribunal Superior do Trabalho ao reformar acórdão que havia reconhecido o direito ao intervalo somente quando o tempo de serviço e…

Continue lendo no portal Consultor Juridico

Rolar para o topo