Mercosul exige que Venezuela tome medidas para separar poderes

Os chanceleres da Argentina, Brasil, Uruguai e Paraguai, integrantes do Mercosul, exigiram neste sábado (1º/4), em declaração conjunta, que o governo da Venezuela adote medidas concretas para restabelecer a separação dos poderes, o respeito ao cronograma eleitoral e a garantia aos direitos humano…

Continue lendo no portal Consultor Juridico

Rolar para o topo