Supremo da Venezuela volta atrás em decisão de abolir Parlamento

O Tribunal Supremo de Justiça (TSJ) da Venezuela revogou hoje (1º/4) a decisão de assumir as funções do Parlamento, depois de o Conselho de Defesa, chefiado pelo presidente, Nicolás Maduro, pedir ao tribunal para rever a medida.
Conselho de Defesa, chefiado pelo presidente, Nicolás Maduro (f…

Continue lendo no portal Consultor Juridico

Rolar para o topo