Concurso só pode exigir exame psicotécnico se houver previsão legal

O ministro Edson Fachin, do Supremo Tribunal Federal, determinou que um candidato inabilitado na fase de exame psicotécnico prossiga em concurso público da Polícia Militar de São Paulo. A liminar suspendeu decisão da Justiça paulista que julgou válida a eliminação. O ministro considerou plausível…

Continue lendo no portal Consultor Juridico

Rolar para o topo