Alexandre Câmara: Complementação de julgamentos não unânimes

Tive minha atenção recentemente chamada para um curioso caso: no julgamento de uma apelação, proferido por uma Câmara Cível do Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro (que não é por mim integrada), produziu-se um fenômeno conhecido como dispersão de votos: cada um dos três magistrados integrantes d…

Continue lendo no portal Consultor Juridico

Rolar para o topo