Prejuízo deve ser provado para deixar de desistir de desapropriação

Expropriado deve comprovar prejuízo em imóvel para impedir desistência de desapropriação. Esse foi o entendimento firmado pela 2ª Turma do Superior Tribunal de Justiça ao aceitar recurso da Companhia Energética de São Paulo (Cesp) e homologar um pedido de renúncia de desapropriação.
Para o aut…

Continue lendo no portal Consultor Juridico

Rolar para o topo