TRF-3 nega pensão para bisnetas de militar morto em 1954

Baseando-se na impossibilidade da eternização do direito à pensão militar, a 5ª Turma do Tribunal Regional Federal da 3ª Região negou o pedido de pensão de duas bisnetas de um militar morto em 1954. Elas pleiteavam o benefício, alegando que viviam sob a guarda e dependiam economicamente da avó (p…

Continue lendo no portal Consultor Juridico

Rolar para o topo