Mutirão carcerário analisa processos de 5,2 mil detentos de Manaus

A força-tarefa de defensores públicos estaduais e federais do programa Defensoria Sem Fronteiras analisou processos de 5,2 mil presos em Manaus entre 5 e 17 de fevereiro. Ao todo, foram atendido 3,4 mil presos de nove unidades prisionais da capital do Amazonas. Somente os integrantes da Defensori…

Continue lendo no portal Consultor Juridico

Rolar para o topo