Para metalúrgicos, governo mente para fazer reforma da Previdência

O governo se baseou em “meros exercícios de futurologia em dados empíricos destituídos de caráter científico mais sério” para propor a reforma da Previdência Social ao Congresso. E, segundo a Confederação Nacional dos Metalúrgicos (CNTM), a proposta de reforma agride “várias normas e princípios c…

Continue lendo no portal Consultor Juridico

Rolar para o topo