Decreto cria restrição injustificada a doador não consanguíneo, diz TJ

O Decreto Federal 2.268/97, que regula a Lei 9.434/97, sobre doação de órgãos, extrapola sua competência ao restringir mais que a norma principal as possibilidades de transplante de tecidos vivos entre pessoas. Assim entendeu a 5ª Câmara de Direito Privado do Tribunal de Justiça de São Paulo ao p…

Continue lendo no portal Consultor Juridico

Rolar para o topo