fbpx

Flexibilidade de horários descaracteriza relação de emprego, diz TST

A flexibilidade de horários, a possibilidade de emendar feriados e a ausência de punições e subordinação foram os fatores determinantes para que um cabeleireiro não tivesse reconhecido vínculo de emprego com um salão. O entendimento é da 5ª Turma do Tribunal Superior do Trabalho, que modificou en…

Continue lendo no portal Consultor Juridico

Fale conosco
Enviar
Rolar para o topo