Moro condena João Santana por “cegueira deliberada” em campanha

Quem escolhe permanecer ignorante sobre a natureza de bens recebidos, quando tinha condições de conhecer a origem do dinheiro, não escapa do agir doloso e também tem responsabilidade criminal. Esse foi o entendimento do juiz federal Sergio Fernando Moro ao condenar, nesta quinta-feira (2/2), o ma…

Continue lendo no portal Consultor Juridico

Rolar para o topo