Ministro indefere liminar contra candidatura de Rodrigo Maia

O ministro Celso de Mello, do Supremo Tribunal Federal (STF), indeferiu pedido de liminar em ação contra a candidatura do atual presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia (DEM-RJ), à reeleição ao cargo. A decisão foi proferida no Mandado de Segurança (MS) 34602, impetrado contra a Mesa da Câmara por quatro deputados candidatos ao cargo de presidente.

Segundo a decisão proferida pelo decano da Corte, é necessário citar o deputado Rodrigo Maia e ouvir suas razões, com objetivo oferecer o direito ao contraditório. Seu ingresso como parte é necessário para a continuidade do processo, sob pena de sua nulidade.

Na decisão, é previsto o prazo de cinco dias para a citação de Maia, e de dez dias para o oferecimento de informações.

Foram proferidas decisões no mesmo sentido no MS 34574 e no MS 34603, e não foi conhecido o MS 34599.

Leia a íntegra da decisão no MS 34602.

FT/CF

Leia mais:
30/1/2017 – Candidatos à Presidência da Câmara pedem que STF impeça candidatura de Rodrigo Maia

27/1/2017 – Mandado de segurança pede que Rodrigo Maia não conduza processo de eleição da Mesa da Câmara

16/1/2017 – Presidente do STF pede informações em ação sobre eleições à Presidência da Câmara
 

Postado originalmente no portal do Supremo Tribunal Federal

Rolar para o topo