Aeronáutica pode ter regra distinta para promover homem e mulher

O estabelecimento de regras distintas para promoção de militares do sexo masculino e feminino se insere no poder discricionário pelo qual cada Força Armada planeja as carreiras sob sua gestão, não havendo, nesse ato, qualquer violação ao princípio constitucional da isonomia.
Esse foi o entendi…

Continue lendo no portal Consultor Juridico

Rolar para o topo