fbpx

Decretada prisão preventiva de homens que mataram camelô em SP

A prisão preventiva dos homens que mataram o camelô Luiz Carlos Ruas na estação Pedro II do metrô, em São Paulo, foi decretada pela Justiça de São Paulo. A decisão foi tomada na última sexta-feira (20/1).
Eles já estavam presos temporariamente desde dezembro e foram reconhecidos por imagens da…

Continue lendo no portal Consultor Juridico

Fale conosco
Enviar
Rolar para o topo