Decano do STF expressa profundo pesar pelo falecimento do ministro Teori Zavascki

“O saudoso ministro Teori Zavascki destacou-se como um dos grandes juízes do Supremo Tribunal Federal, seja por suas virtudes peregrinas, seja por sua incomparável dignidade pessoal, seja por seu notável talento intelectual, seja por sua inquestionável integridade profissional, seja, ainda, por sua sólida formação jurídica.

Esses elevados atributos perpetuarão, na memória e na história da Suprema Corte do Brasil, a presença, sempre tão marcante, do respeitado ministro Teori Zavascki, cujos luminosos votos continuarão a representar, para todos nós, orientação segura e diretriz superior na resolução das graves controvérsias submetidas ao exame do Supremo Tribunal Federal.

É preciso que se diga, a respeito da perda profundamente lastimável do ministro Teori Zavascki, que os grandes magistrados, como ele próprio o foi, nunca se vão. Eles, na realidade, não partem jamais. Ao contrário, os grandes juízes permanecem na consciência e no coração de seus jurisdicionados, a quem tanto souberam servir com lealdade e dedicação, iluminando, para sempre, com a grandeza do seu legado e a integridade de uma vida reta, os caminhos do Direito e da Justiça.”

Ministro Celso de Mello

Íntegra da manifestação.

 

Postado originalmente no portal do Supremo Tribunal Federal

Rolar para o topo