fbpx

Teori era a favor de revisar a política de foro e a competência do STF

Era setembro de 2013, e o Supremo Tribunal Federal havia acabado de ver o “furacão” mensalão chegar ao fim. Foram 53 sessões para julgar a Ação Penal 470, e o ministro Teori Zavascki considerava um tempo excessivo para um caso só. O julgador, que morreu em um acidente de avião nesta quinta-feira …

Continue lendo no portal Consultor Juridico

Fale conosco
Enviar
Rolar para o topo