Juiz nega direito ao esquecimento para condenado por pedofilia

Reportagens sobre a condenação de um professor de educação física por pedofilia são de interesse público, até mesmo por causa da profissão do condenado. Assim, apagar notícias verdadeiras sobre o caso seria desconsiderar a importância da informação para a sociedade.
Com este entendimento, o ju…

Continue lendo no portal Consultor Juridico

Rolar para o topo