Realidade descrita por Zygmunt Bauman desafia o Direito e a Justiça

“Nossos acordos são temporários, passageiros, válidos apenas até novo aviso.” A frase é do sociólogo e filósofo Zygmunt Bauman, morto nesta segunda-feira (9/1) e considerado um dos maiores pensadores do século XXI. Seu conceito de que vivemos uma era líquida, sem solidez e constantemente em mutaç…

Continue lendo no portal Consultor Juridico

Rolar para o topo