fbpx

Empregado apelidado de “porco” pelo chefe não será indenizado

Considerando a existência de um clima de chacota recíproca entre um empregado e seu supervisor, a 6ª Turma do Tribunal Regional do Trabalho da 3ª Região (MG) negou pedido de dano moral feito por um trabalhador apelidado de “porco” pelo chefe. De acordo com a decisão, não foi demonstrado que o sup…

Continue lendo no portal Consultor Juridico

Fale conosco
Enviar
Rolar para o topo