Não há dano moral se empresa demite grávida sem saber da gestação

Demitir uma empregada grávida no encerramento do contrato de experiência não pode ser considerado discriminação se a empresa desconhecia a gestação. Em casos como esse, não há direito de reparação por danos morais, apenas indenização substitutiva da estabilidade da gestante.
Assim entendeu a 6…

Continue lendo no portal Consultor Juridico

Rolar para o topo