Teresina deve manter audiência de custódia no recesso judiciário

A comarca de Teresina, no Piauí, deverá manter as audiências de custódia durante o recesso do Judiciário. A obrigação foi imposta liminarmente na Reclamação 26.053 pela presidente do Supremo Tribunal Federal, ministra Cármen Lúcia, a pedido da Defensoria Pública do estado.
Presidente do Supr…

Continue lendo no portal Consultor Juridico

Rolar para o topo