fbpx

Grupo do CNJ fiscalizará investigação sobre mortos em Manaus

A presidente do Supremo Tribunal Federal e do Conselho Nacional de Justiça, ministra Cármen Lúcia, informou, em visita a Manaus (AM), nesta quinta-feira (5/1), que um grupo a ser criado pelo CNJ fiscalizará as investigações sobre as 56 mortes ocorridas durante rebelião no Complexo Penitenciário A…

Continue lendo no portal Consultor Juridico

Fale conosco
Enviar
Rolar para o topo