CNJ combaterá uso de símbolos oficiais por câmaras de arbitragem

Com o objetivo de combater o uso indevido de símbolos oficiais, como o brasão da República, por câmaras privadas de arbitragem, o Conselho Nacional de Justiça comunicará a prática a todos os órgãos que possam interferir e de algum modo evitá-la. O combate será feito pela Comissão de Acesso à Just…

Continue lendo no portal Consultor Juridico

Rolar para o topo