Prática do despacho ao “magistrado vinculado” já não faz mais sentido

Na vigência do CPC/1973, quando o juiz percebia que os embargos de declaração haviam sido opostos contra decisão proferida por outro magistrado, exarava o famoso despacho ao “magistrado vinculado” ou outro comando de igual natureza (“ao ilustre prolator da decisão embargada”, entre outros).
Ap…

Continue lendo no portal Consultor Juridico

Rolar para o topo