Apesar de grave cenário, ano mostrou democracia participativa

O ano de 2016 é daqueles que parecem não terminar. Ao menos para o Brasil, é muito provável que, no futuro, venha ele a rivalizar com o icônico ano de 1968. Foram tantos os acontecimentos singulares e extraordinários que poderíamos contá-los para uma década e, no entanto, o destino os quis compri…

Continue lendo no portal Consultor Juridico

Rolar para o topo