Vagas do quinto devem ir para categoria menos representada, diz Lewandowski

O Supremo Tribunal Federal já julgou que tribunais devem preencher vagas do quinto constitucional com a classe que está em inferioridade, e não definir cadeiras específicas para representantes da advocacia e do Ministério Público. Assim entendeu o ministro Ricardo Lewandowski ao rejeitar pedido d…

Continue lendo no portal Consultor Juridico

Rolar para o topo