fbpx

UE decide que vigilância online em massa viola direitos dos cidadãos

O Tribunal de Justiça da União Europeia decidiu que obrigar os provedores de internet a armazenar dados de comunicação de todos os seus usuários viola o respeito à vida privada dos internautas. A corte entendeu que a vigilância indiscriminada é contrária às regras da União Europeia. O julgamento …

Continue lendo no portal Consultor Juridico

Fale conosco
Enviar
Rolar para o topo