Defesa de prefeito eleito de Osasco diz que MP induziu Justiça a erro

A defesa do vereador e prefeito eleito de Osasco (SP), Rogério Lins, ingressou com pedido de Habeas Corpus no Superior Tribunal de Justiça questionando o pedido de prisão preventiva do político, determinado dia 6 de dezembro. O advogado Flávio Christensen Nobre acredita que o Ministério Público d…

Continue lendo no portal Consultor Juridico

Rolar para o topo