fbpx

Por falta de provas, 2ª Turma do STF absolve deputado Éder Mauro

Por unanimidade, a 2ª Turma do Supremo Tribunal Federal julgou improcedente, por insuficiência de provas, uma ação penal aberta contra o deputado federal Éder Mauro (PSD-PA), mais conhecido como Delegado Éder Mauro. Ele era acusado de ser partícipe, por omissão, em crime de tortura supostamente p…

Continue lendo no portal Consultor Juridico

Fale conosco
Enviar
Rolar para o topo