Juiz do AC anula auto circunstanciado contra usuários de drogas

A falta de previsão legal para condução à delegacia e produção de auto circunstanciado para registrar o uso de drogas ilícitas foi usado como argumento pelo juiz Edinaldo Muniz dos Santos, do 2º Juizado Especial Criminal da Comarca de Rio Branco, para anular o termo feito em departamento policial…

Continue lendo no portal Consultor Juridico

Rolar para o topo